Post sobre |Dicas blog, imagem, Pc windows

Tragédia em Santa Maria-RS é mostra do descaso e poderia ser evitado

Uma soma de irresponsabilidades, descaso, ganância, e outras coisas causaram a morte de mais de duzentos jovens, na maioria estudantes que cursavam faculdade na cidade de Santa Maria, estado Rio Grande do Sul.

É isso mesmo, é provável irresponsabilidade de dono da boate, organizadores de festa e/ou até equipe de músicos e, descaso do poder público que ainda não se adequou a evitar ou minimizar catástrofes e tragédias, mesmo já tendo visto essas acontecerem antes.

A gente fica pensando, quem são os culpados, isso poderia ser evitado, vai acontecer novamente, como superar, dá para diminuir a dor de quem perdeu um amigo ou familiar?

Santa Maria-RS Brasil de luto, 232 mortos em incendio em boate
A dor é muita, sei que alguns pais iriam no lugar de seus filhos se pudessem escolher, mas, o jeito é seguir a vida, e lutar, por justiça e para evitar que algo assim se repita.

Muita coisa não tem uma resposta única e correta, mas dá para aprender com os erros e assim evitar algumas tragédias.

É bom a gente abordar esse assunto para que ele não caia no esquecimento e, para pressionar os responsáveis por evitá-los, sejam políticos, empresários, funcionários públicos, organizadores de eventos, e, até nós mesmos.

O maior culpado de tragédias, naturais ou não?

O setor público, desde o governo federal, estadual e municipal, que não fiscalizam o suficiente e não investem o suficiente em prevenção. Seja qual for o motivo para a fiscalização ser falha, leis erradas, métodos de fiscalização, etc. O peso da lei e uma boa fiscalização evitaria o descaso com situações que colocam as pessoas em risco. Fiscalizar é um modo de prevenção e educação.

O setor público erra em prevenção de acidentes:

  • A nossa educação é "capenga", entre outras falhas, não nos torna críticos, não nos prepara para evitar e prever acidentes e nem situações riscos. Essa 'educação' acaba formando uma sociedade em que os indivíduos um pouco mais críticos ou cuidadosos são vistos como chatos ou medrosos.
  • Tanto prefeitura quanto governo federal e estadual deveriam ser mais organizados, poderia haver um sistema de alerta para visitar ou fiscalizar um estabelecimento logo após vencer um alvará de funcionamento, principalmente locais como boate ou outro tipo de local muito frequentado. Até deveriam fiscalizar com mais frequência, no mínimo semestralmente.
  • Se o gasto é muito alto para fiscalizar, poderia aumentar o valor das multas para os infratores, assim o dinheiro a mais dessas multas serviriam para melhorar o serviço de fiscalização, seria também um modo de fazer com que esses donos dos locais se preocupem mais em seguir a lei. Algo parecido já foi implantado em multas para quem dirigir bêbado. Se diminuir o número de acidentes, diminui o gasto com saúde pública, esses valores podem ser investidos em prevenção. Não tem desculpa válida para a falta de fiscalização.

Donos de locais e organizadores de evento erram

No caso dos organizadores do evento, erraram, não verificaram se o local era apropriado, pelo que sei, parte do lucro seria para formatura de estudantes, mesmo na boa intenção, falharam, também erraram na contratação de músicos que iriam usar pirotecnia em local fechado.

O dono do local falhou quando não formou ou não contratou profissionais preparados para evitar acidentes ou prestar a ajuda necessária, errou ao manter um local inapropriado para o tipo de evento, faltou infraestrutura adequada para, entre outras coisas, evacuação de pessoal, controlar um início de incêndio.

Pelo que ouvi, parece que foi feito uso de material meio inflamável para fazer o isolamento acústico, também foi um erro que poderia ser evitado.
Parece que, foi pensado em organizar a saída e entrada para evitar que pessoas saíssem sem pagar, foi pensado em estrutura boa para lucrar, não foi muito pensado em segurança.

Integrantes do grupo de música também erraram

Não tem como tirar a responsabilidade de alguns dos integrantes do grupo de música, é impossível de acreditar que em algum momento, de suas carreiras usando pirotecnia, não tenham pensado se aqueles fogos em locais fechados não poderiam causar acidentes.

Os músicos, erraram no que a gente também erra, pensar que isso nunca vai acontecer com a gente, muita gente pensa assim, até o desastre acontecer. Esse pensamento é um fruto da nossa má educação.

Poderia ter sido evitado uma tragédia tão grande?

Claro que sim, o grande número de vítimas, foi devido a um conjunto de erros e irresponsabilidade, é triste ter que aprender com acontecimentos desse tipo, que nos sirva de lição, principalmente para esses políticos que, como eu já disse, são os maiores culpados, pois só se preocupam em fazer coisas que lhes dão visibilidade, obras faraônicas, projetos de nomes 'carinhosos' e chamativos visando marketing. Para muito político, não vale investir em prevenção ou fiscalização, pois não dá visibilidade. Até agora, só ouvi político dizer que a culpa é do 'local' e tipo de evento, e que estão ajudando a família das vítimas, nem um diz que deveriam ter fiscalizado mais, e que assim aquela boate talvez estaria interditada ou se adequado, em uma dessas situações, com certeza não seriam tantas vítimas, ou nem uma.

Mesmo que ocorresse o incêndio, com um número menor de pessoas a evacuação poderia ter sido total, mas o local estava com um público além do permitido, com as saídas de emergência adequadas, com profissionais preparados, com extintores funcionando. Qualquer um desses cuidados teriam evitado ou minimizado essa tragédia, a fiscalização adequada poderia ter garantido alguns desses cuidados e evitado essa grande tragédia.

Repercussão internacional da tragédia

Pegou muito mau para o Brasil, isso foi notícia em outros lugares do mundo, alguns jornais até chamaram a atenção para a 'falta de fiscalização no país da copa', isso também é ruim, imagine a quantia de pessoas que irá pensar duas vezes antes de vir ao Brasil em busca de diversão. É mais um "preço" que teremos a pagar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

→Dê sua opinião. Faça comentário relacionado ao post.
Comentário com e-mail será excluído
Antes de perguntar leia o texto até comentários e pesquise, a resposta virá no comentário, para ser avisado use uma conta e o link: Subscribe by email(abaixo)
Será excluído comentário não relacionado ou com Url de blog/site(Divulgar? Clique)

Comentário reflete a opinião do comentarista. Desde já, Obrigado!